10/10/2016 14:06:00

BH como novo destino turístico. A intenção foi boa, mas...



Semana passada, tivemos evento em Ipatinga que passou despercebido, mas chama atenção pela iniciativa, no mínimo arrojada. A Belotur, empresa que administra o turismo na capital, e o Belo Horizonte Visitors & Convention Bureau trouxeram a Caravana Turística e convidaram operadores de turismo, agentes de viagem e jornalistas para, no San Diego Suites, no Horto, apresentar a capital mineira pela perspectiva do lazer, entretenimento e exploração das belezas naturais.

Impulsionados pelo título alcançado pelo complexo da Pampulha de patrimônio cultural da humanidade pela UNESCO, a Belotur arregimentou parceiros tais como hotéis, concessionária do aeroporto de confins, restaurantes e agências de viagens da capital para apresentarem seus serviços ao público do Vale do Aço. Outras cidades mineiras também receberam ou ainda receberão este evento.

No entanto, a divulgação incipiente e a falta de sensibilidade para estabelecer modelo de captação adequado, tornou uma boa ideia sem os efeitos práticos: estabelecer condições diferenciadas de passagens aéreas, tarifas e acomodações para o turismo na capital e, com isso, fomentar novo fluxo de pessoas advindas do interior.

Dever-se-ia, por exemplo, que passagens nas sextas-feiras, em horário de menor demanda, assentos fossem vendidos dentro de pacotes turísticos que contemplassem, da mesma forma, hotéis, traslados e ingressos deste “pacote BH turística”. A falta de um fato novo, como referido, aliou-se a divulgação de menor alcance (pouco persuasiva) que teve, por sua vez, raríssimas presenças do público-alvo supra. Mesmo com sorteio de passagens aéreas e hospedagens estas ações não foram “iscas” suficientes para gerar plateia para a palestra da Secretaria de Estado de Turismo, Belotur e BH Airport.

O coquetel em seguida (com o sorteio) foi o ponto máximo, mas o entendimento da necessidade de se estabelecer “embaixadores” nas cidades, agentes que articulam com o empresariado e imprensa locais para arregimentar maior número de pessoas e mídia espontânea em torno do evento foi entendida como estratégica pelos organizadores e parceiros. Propõem, para a próxima parada, Montes Claros, uma tentativa de fazê-lo, dois dias antes, com pessoal próprio (o que melhora, mas não é o ideal).

Conversando com a Assessoria de Comunicação da Belotur, na pessoa de Bruno Salles, advertimos que a comunicação por e-mail não funciona bem para eventos com a característica proposta no Vale do Aço. Até mesmo o conteúdo, pelo seu ineditismo, a imprensa de nossa região, acredito, enfrenta dificuldades de assimilação e, por isto, pouco se fez presente e deixou de cobri-lo.

Nem os colunistas sociais, habituais frequentadores de ambientes dessa natureza não estavam por lá. Mas, procuramos nos colocar à disposição, pela relevância da proposta, para auxilia-los na promoção deste evento em nossa região, novamente, o mais breve possível para que tenham público a altura da expressão que representa nossa capital. Mas, é importante, também, que se traga propostas inovadoras e articuladas com os parceiros. Cada um vendendo o seu peixe na rodada de negócios pouco acrescenta no apelo de gerar novo fluxo de turistas do interior para BH.

A nós, cabe o desejo do sucesso da empreitada, pois uma boa ideia não pode morrer pelo inadequado caminho escolhido para colocá-la em prática. Todos que conversamos estavam com enorme vontade de acertar. Disso, eu não tive dúvida.

SOCICAM VENCE LICITAÇÃO PARA ADMINISTRAR O AEROPORTO – DESAFIOS À VISTA
A empresa Socicam, que já atua no aeroporto de Santana do Paraíso, venceu a licitação para a administração e exploração do terminal aeroviário. Conforme a Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas (Setop), a previsão é que a assinatura do contrato de concessão ocorra no mês de novembro.

A administração do aeroporto regional foi feita desde a sua fundação pela Usiminas, em 1959, que no início deste ano anunciou que se dedicaria somente à produção de aço e repassou o terminal para o Estado de Minas Gerais. A questão, à época, era de que se necessitava de algo em torno de R$ 400 mil para a manutenção das operações e, com o caixa combalido da siderúrgica, estes valores pesavam e a atividade saia do foco, do core business da empresa.

Estabelece-se, no edital, compromissos ousados para serem honrados em 1 ano entre eles a construção de novo estacionamento para 120 vagas, modernização do prédio da Estação Prestadora de Serviços de Telecomunicações de Tráfego Aéreo (EPTA); construção de no mínimo um novo módulo para despacho de cargas e encomendas. No padrão atual, o aeroporto fica com operações limitadas.

Elevado à categoria de “Porto Seco” e como posto avançado de aduana, novos negócios poderiam ser realizados agregando novas operações e consequentemente novas receitas.
Contudo, pode-se conceder nova vitória à Agenda de Convergência do Vale do Aço capitaneada pelo Sistema FIEMG, na pessoa do destemido empresário Luciano Araújo.

APERAM – MELHOR EMPRESA PARA TRABALHAR
Parabéns para a APERAM, seus funcionários e dirigentes pelo título de melhor empresa para trabalhar no segmento siderurgia concedido pela Revista Você S/A em 2016. Um cumprimento especial ao presidente Frederico Ayres que, no mês passado, tive a honra de conhecê-lo e entrevistá-lo na casa de hóspedes do projeto Oikós, em Timóteo.

APOIO A USIMINAS
Na torcida para que a empresa vire mais uma triste página de sua história e continue seguindo rumo à recuperação. Institucionalmente, todos apoiam a Usiminas independentemente de quem ela ofereça a incumbência de conduzir os seus destinos. Boa sorte!

NEGÓCIOS JÁ!
Não perca nesta segunda-feira, 8 e meia da noite, na TV Cultura Canal 4. Na próxima semana, conversaremos com Cássia Miranda Chaves da Dommus Soluções Imobiliárias. Ainda no quadro “Negócios Gourmet”, os chefs Rodrigo Di STani e Vítor Marconi preparam uma grande surpresa! E no quadro “Show Business”, Pâmela Franco Violão e Voz.
APOIO CULTURAL: HOTEL FAZENDA DO VOVÔ, HORTIFRUTAS NORE E COMPANY ASSESSORIA EMPRESARIAL.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário