02/12/2016 16:52:00

BH Airport inaugura novo Terminal no Aeroporto Internacional de BH

Expansão marca início de nova fase na prestação de serviços aeroportuários




Projeto do novo Terminal no Aeroporto Internacional de BH


A BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de BH, inaugura no próximo dia 06 de dezembro o novo Terminal de Passageiros, que irá ampliar em mais de 60% a área atual do Aeroporto e acrescentar 17 novas pontes de embarque à estrutura existente. A expansão do Aeroporto irá aumentar sua capacidade para 22 milhões de passageiros/ano.

Com a entrada em operação das novas instalações, o Aeroporto Internacional de BH terá capacidade para atender à demanda de passageiros pelos próximos dez anos, colocando à disposição de todos os mineiros a infraestrutura necessária para ampliar a integração das diversas regiões do Estado com a capital e de lá para outros destinos do Brasil e do mundo.

A ampliação da infraestrutura do Aeroporto dará mais espaço, conforto e opções de alimentação e serviços para os passageiros, principalmente para os que estão em conexão e passam mais tempo no nosso Aeroporto.

“A entrada em operação do novo Terminal marca uma nova fase do Aeroporto Internacional de BH, que passa a oferecer o que há de mais moderno em serviços aeroportuários, disponibilizando uma infraestrutura capaz de receber novos voos e companhias aéreas, integrando cada vez mais o Estado de Minas ao Brasil e ao mundo. A esse momento soma-se também um novo patamar de atendimento aos passageiros e usuários”, disse Paulo Rangel, diretor-presidente da BH Airport.

A melhoria na infraestrutura aeroportuária é um fator de desenvolvimento econômico e social, que se reflete em todo o Estado. É Minas de portas abertas para o mundo.

Operação e serviços

O novo Terminal de passageiros está totalmente interligado aos saguões de embarque e desembarque já existentes no Aeroporto. A nova estrutura é uma continuidade do Terminal já existente.

Com a ampliação – em cerca de 52 mil m², a área total do Aeroporto passa para 132 mil m² e os dois terminais ficam completamente integrados.

A nova área do Terminal irá concentrar as operações internacionais, atualmente feitas pelo Terminal 3. O check-in doméstico continuará sendo feito nas instalações já existentes (Check- in 1 e 2), mas os passageiros poderão utilizar as pontes de embarque da área nova utilizando a sala de embarque.


Mapa do Novo Aeroporto Internacional de BH


O acesso e a circulação de passageiros na nova área do Aeroporto estão distribuídos em dois níveis. Os embarques para voos internacionais passam a ser feitos pelo nível superior da nova área do Terminal, acessado por meio de um viaduto construído pela BH Airport. Os desembarques serão pelo piso térreo, como acontece nos principais aeroportos do mundo.

As áreas restritas aos passageiros, tanto de voos domésticos como de internacionais, com acesso após os procedimentos de inspeção de bagagem (raio X), tanto no embarque como no desembarque, estão totalmente integradas por meio de uma grande área contínua. Essas áreas são climatizadas, como já acontece atualmente nas salas de embarque e desembarque do Terminal existente.

Para facilitar o deslocamento dos passageiros dentro do novo Terminal, que tem 650 metros de comprimento, a nova área está equipada com três esteiras rolantes. Além disso, há quatro esteiras de devolução de bagagens, cinco canais de inspeção, dois canais de inspeção da Receita Federal e dez guichês para conferência de passaporte, além de 18 elevadores, nove escadas rolantes e mais 2.200 vagas de estacionamento.

Entre as inovações tecnológicas, na ampliação do Aeroporto está previsto o bagdrop, serviço que permite ao próprio passageiro etiquetar e despachar sua bagagem, além de equipamento de controle eletrônico para acesso à sala de embarque com leitura dos cartões de embarque por meio de e-gates.

Destinos e conectividade

A BH Airport busca constantemente ampliar sua malha aérea, possibilitando maior conectividade do interior de Minas Gerais com outros destinos no Brasil e no mundo. A concessionária quer fortalecer o Aeroporto como a principal porta de entrada e saída do Estado de Minas Gerais.

Para isso, a BH Airport desenvolveu um forte programa de incentivos à criação de novos voos e destinos, que já apresenta resultados: em dois anos de trabalho, o número de cidades com voos diretos a partir do Aeroporto Internacional de BH passou de 31 para 41 cidades.

Sala Vip e free shop

Com a expansão do Terminal, o Aeroporto Internacional de BH passa a oferecer uma sala VIP, que poderá ser utilizada por qualquer passageiro que quiser pagar pelo acesso, e um restaurante internacional.

A Duty Free instalou duas novas lojas free shop, uma no embarque e outra no desembarque, com área total de 923 m² para atender aos passageiros de voos internacionais.

Na área de acesso restrito aos passageiros estão instaladas novas opções de alimentação, como um restaurante à la carte, uma praça de alimentação com opções de comida japonesa, saladas, sanduíches, cafés e um bar com vista panorâmica para a pista.

Praça Mineira

A BH Airport tem buscado, desde o início de sua gestão, valorizar a cultura e identidade mineiras do Aeroporto por meio de sabores e produtos tradicionais do Estado. Em setembro, a concessionária inaugurou a Praça Mineira, um espaço de compras com mais de 3 mil m² de área que proporciona um mix de produtos e serviços selecionados pela sua história, tradição e qualidade.

São seis lojas que oferecem queijos, doces e peças de artesanatos tradicionais do Estado entre outros produtos, além de um restaurante de comida típica e uma cafeteria que oferece grãos de diferentes regiões produtoras de Minas, moídos na hora.

Investimentos

O novo Terminal é a principal obra de curto prazo da concessionária e está prevista no contrato de concessão. A concessionária BH Airport investiu R$ 870 milhões no complexo de obras, que inclui a implantação do novo Terminal de Passageiros, a reconfiguração do sistema viário de acesso ao aeroporto, a ampliação da área de pátio para aeronaves e novas vagas de estacionamento de veículos, além da revitalização do Terminal existente.

As novas instalações para passageiros foram construídas em 14 meses - um prazo considerado curto para o tamanho do empreendimento - e chegou a empregar cerca de 1.500 colaboradores durante a obra. A entrada em operação do novo Terminal deverá gerar mais de 300 empregos, entre diretos e indiretos.

“A entrega do novo Terminal é uma demonstração de confiança dos acionistas da BH Airport (Grupo CCR, Aeroporto de Zurich e Infraero) no modelo de concessões como importante alternativa para viabilizar investimentos em infraestrutura, necessários para a retomada do crescimento econômico do País”, disse Rangel.

A entrada em operação do novo Terminal marca também o encerramento da Fase 1-B do contrato de concessão, cumprida integralmente pela concessionária, na qual estavam previstos os investimentos para adequação da infraestrutura oferecida aos passageiros. A partir de agora, a concessão entra na Fase 2, que segue até o final do contrato, em 2043. Desde agosto de 2014, a concessionária assumiu a responsabilidade pela ampliação, manutenção e exploração do Aeroporto.

O Aeroporto em números:

Com o novo Terminal, o Aeroporto Internacional de BH terá:

- Capacidade para 22 milhões de passageiros/ano

- 132 mil m² de área, sendo 52 mil m² na nova área

- 26 pontes de embarque, sendo três exclusivas para operações internacionais

- 17 canais de inspeção para passageiros (raio-X)

- 9 esteiras para devolução de bagagens

- 3 conjuntos de esteiras rolantes

- 27 elevadores e 14 escadas rolantes

- 4.625 vagas de estacionamento

- 44 posições para aeronaves

- Nova área para embarque e desembarque internacional

- Novas opções de alimentação, lojas e serviços


Sobre a BH Airport
A BH Airport, concessionária do Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, é uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) formada pelo Grupo CCR, uma das maiores companhias de concessão de infraestrutura da América Latina, e pela Zurich Airport, operadora do Aeroporto de Zurich, o principal hub aéreo da Suíça e considerado um dos melhores aeroportos do mundo, além da Infraero, estatal com experiência de mais de 40 anos na gestão de aeroportos no Brasil, que tem 49% de participação.

Fonte: Assessoria de Imprensa da BH Airport




Envie o seu Comentário