11/12/2016 10:01:00

Colmeia reunida

Instituto Cenibra reúne parceiros para fortalecer projeto


Na terça-feira passada (6), na Casa de Hóspedes da Cenibra, o Instituto Cenibra reuniu representantes das 13 associações que utilizam áreas da empresa para produção de mel, via Projeto de Parceria com Apicultores. O encontro tratou de assuntos estratégicos de manutenção da parceria e fortalecimento da atividade de apicultura, bem como análise de mercado de caminhos possíveis para enfrentar os obstáculos da atividade.

ACS Cenibra


Os produtores se adequam às exigências do projeto de parceria
Atualmente, 500 produtores são beneficiados pelo projeto, que conta com o apoio técnico da Empresa de Assistência Técnica Rural do Estado de Minas Gerais (Emater). Do ponto de vista ambiental, os apicultores, que têm na natureza a fonte de matéria-prima, colaboram com a Cenibra na proteção do corte ilegal de madeira nativa, caça e pesca predatória. Os apicultores têm os seus apiários com localização georreferenciada e circulam pelas áreas da empresa com crachá de identificação e selos nos veículos.

O Instituto mantém contratos de parceria rural com as associações de apicultores de Santa Bárbara (Coopermel e Mel Santa Bárbara), de Barão de Cocais (Apibarão), do Vale do Aço (Aapivale), de São Gonçalo do Rio Abaixo (Apisgra e SAAD), de Rio Piracicaba (Apimel), de Virginópolis (Apivir), de Sabinópolis (Apisabi), de Rio Vermelho (Apirio), de Itabira (Apitar), de São Domingos do Prata (Aapisprata) e de Coluna (Apicol).

Por meio do contrato de parceria, permite-se o acesso e uso de áreas de florestas nativas e próximas a plantios de eucalipto para instalação de apiários. O projeto possui grande significado social, econômico e ambiental, pois cria novos postos de trabalho que geram renda alternativa.




Envie o seu Comentário