12/12/2016 16:28:00

Wagner Penna: O sistema de vendas see now, buy now



HOMENAGENS
A Câmara de Comércio Líbano-Brasileira promoveu, em Belo Horizonte, uma reunião para fazer uma homenagem póstuma ao ex-presidente do Sindivest-MG, Michel Aburachid, falecido em junho. Em nome da família Aburachid, falaram os seus filhos Leonardo (presidente da CCLB), Marcelo e Frederico. A viúva, Sonia Aburachid, recebeu flores de Beth Curi.

HOMENAGENS II
No mesmo encontro da CCLB, o titulo de ‘Destaque do Ano’ foi entregue ao presidente da Fiemg, Olavo Machado Jr., pelos seus feitos na entidade. No seu agradecimento, ele mostrou os grandes avanços da Fiemg na educação: alunos das 90 escolas do sistema em Minas conquistaram sete dos 10 primeiros lugares em concurso nacional.;

E mais: 12 entre os 15 primeiros lugares do Sesi Brasil no Enem, primeiro lugar no curso de Estatística da USP (aluno do Sesi Sul de Minas) e integraram a maior parte de grupo que venceu o internacional World Skill. Pelo visto, o nosso circuito Sesi-Senai tem a melhor qualidade do país!

Divulgação


A moda natalina da Monalisa para meninos & meninas
SEE NOW, BUY NOW
O sistema de vendas chamado see now, buy now (veja agora, compre já), que os americanos querem instituir na moda, vai ter seu grande teste em 2017. Como propõem mostrar a roupa no desfile e, logo em seguida, vendê-la na loja, demanda uma logística imensa.

O que poucos sabem é que Minas já faz isso há anos, com a sua forte indústria de pronta-entrega nas confecções, que vende para os lojistas, que colocam o artigo na loja apenas 24h depois.

Até agora esse sistema era visto como ‘segunda linha’, pejorativamente chamado até de ‘modinha’, enquanto a roupa vendida através de pedidos era considerada o máximo. Pois tudo isso virou, e a pronta-entrega está muito mais valorizada.

CASAMODA
Mas, como todo conceito demora um pouco para ser entendido, a ideia que surgiu recentemente foi a de promover uma glamourização da moda feita para venda em pronta-entrega pelas confecções.

O primeiro passo concreto já deve ocorrer em março próximo, com uma versão especial da feira Casamoda (em São Paulo), dirigida exclusivamente para as marcas (de todo o país) que trabalham nesse sistema de pronta-entrega.

A iniciativa da Duda Ferreira + Alexandre Cerqueira + Chiko Santoro está encontrando uma boa receptividade junto às nossas confecções. A feira é nacional e vai acrescentar exatamente o termo ‘see now, buy now’ ao nome.

A data coincidirá com os desfiles da São Paulo Fashion Week 43 (a partir de 14 de março), dando uma força ao setor. Mas não pode esquecer: em abril tem a nossa Minas Trend.

VAIVÉM
* O estilista Victor Dzenk não para. Com o projeto Fada Madrinha, que veste meninas carentes para uma festa de debutantes e cuja renda vai para instituições de caridade, ele foi para Barretos (SP). A promoção, que já foi realizada em Búzios e Rio, destinou a renda, desta vez, ao Hospital do Câncer de lá. ***

* Quem chegou de Noronha foi o casal Sabrina Costa e Wallace Gonçalves (leia-se Fleche d’Or). Foram para um casamento bacana e, como ninguém é de ferro, curtiram também as belezas da ilha. O preview do inverno da sua grife será no final de janeiro. ***

* A marca de joias Manoel Bernardes reuniu algumas das suas criações + carros bacanas da Mercedes em uma ‘corrida de testes’ para os convidados na pista do Circuito dos Cristais, em Curvelo. Teve ainda prêmio sorteado no final da festa. ***

PONTO FINAL - O mês de Natal começou com as vendas melhorando. No quesito moda, as lojas dos shoppings centers já sentiram um ligeiro fator positivo no entra e sai dos clientes.

O termômetro para impulsionar a compra de roupas é o 13º salário, que ainda não saiu para todas as categorias de trabalho. Ou seja, o teste de vendas concreto só mesmo próximo ao dia 25. Do jeito que a coisa está, qualquer tostão vale um milhão.




Envie o seu Comentário