13/12/2016 17:00:00

Fim de jogo



Divulgação

Em todas as suas edições, o Campeonato Brasileiro nos reserva algumas surpresas, tanto na parte de cima da tabela quanto na parte de baixo e, ao fim desta temporada, as previsões se confirmaram.

O Palmeiras, como o time mais equilibrado da competição, conquistou o campeonato, com um elenco sem craques, mas homogêneo, comandado por um bom treinador. Cuca soube dosar durante a competição o trabalho de toda a equipe, e os resultados foram altamente positivos e a equipe superou todos os concorrentes, principalmente Santos, Flamengo e Atlético.

No outro extremo da tabela, mais uma grande equipe foi rebaixada, o Internacional de Porto Alegre, que fez uma péssima campanha e pagou pelos inúmeros erros cometidos durante a temporada, como a falta de critérios para contratar jogadores e a troca de treinadores, que não conseguiram fazer boas campanhas com o elenco. Com tudo isso, o resultado não poderia ser diferente.

Para os times mineiros não poderia ter sido pior, o América, que foi campeão mineiro, acreditou que o seu elenco seria o bastante para a disputa do Campeonato Brasileiro. Demitiu o treinador Givanildo Oliveira e viveu também uma troca constante de comandantes.

Com isso, o resultado também não poderia ser diferente. Foi o time que se estabilizou desde o início na zona do rebaixamento e, mais uma vez, vai tentar voltar à elite do futebol brasileiro na próxima temporada.

O Cruzeiro, que durante todo o campeonato lutou contra o rebaixamento, também vivenciou a troca de treinadores. O risco só foi afastado com o retorno do técnico Mano Menezes, que mesmo com um elenco modesto, conseguiu manter o time na primeira divisão. Somente na última rodada, com a vitória sobre o Corinthians, conseguiu uma vaga na Sulamericana, o que é muito pouco para o time celeste.

A maior decepção ficou com o Atlético Mineiro, que investiu muito dinheiro em contratações de peso e não conquistou um único título nesse ano. O primeiro erro foi a não renovação do contrato do Levir Culpi, um excelente treinador. Apostou em Diego Aguirre, treinador ultrapassado que teve sérios problemas no Internacional, que no Atlético também não conseguiu nada, apenas criar problemas e perder o Campeonato Mineiro.

A diretoria apostou em Marcelo Oliveira, que já tinha conquistado dois títulos brasileiros pelo Cruzeiro, mas não conseguiu repetir no Galo a sorte que teve no time celeste. E o time ficou no meio do caminho na Libertadores, perdeu a Copa do Brasil para o Grêmio e ficou na quarta colocação no futebol brasileiro, conseguindo a vaga na Libertadores pela exclusão dos times mexicanos na competição.

Agora, todos os times mineiros precisarão reformular seus elencos. O Cruzeiro e América irão manter os seus treinadores, e o Atlético resolveu apostar em um treinador que vem buscando o seu espaço no futebol brasileiro. Roger Machado vai assumir o time em janeiro. A expectativa é que consiga conquistar títulos na próxima temporada.

CASA NOVA
A comunidade de Ipaba está feliz com a reforma do seu estádio, que será reinaugurado no próximo sábado. O espaço, que passou por reformas, foi adaptado para receber bons jogos, com um gramado impecável, alambrado e muro. Parabéns à comunidade e ao poder público, que não mediu esforços para dotar o município de mais uma área de lazer para os seus moradores.

FÉRIAS
Praticamente todos os jogadores do futebol brasileiro reclamam da quantidade de jogos na temporada e também do calendário brasileiro, que deveria se adaptar ao europeu, com competições mais organizadas para dar mais descanso aos atletas, pois é inadmissível disputar 80 partidas em uma temporada.

Quando os atletas entram de férias há uma sequência de jogos beneficentes entre amigos. Com isso, praticamente passam as férias em atividades e pouco tempo com a família, ou seja, para jogar de forma oficial há reclamações, mas quando precisam de descanso, eles não param de jogar.

E foi em uma partida beneficente que o goleiro Victor teve uma contusão no ombro que será avaliada pelo departamento médico do time. Essa situação é constante na vida dos jogadores brasileiros.

ESPECULAÇÕES
No Atlético vários jogadores serão dispensados no fim da temporada. Dátolo já rescindiu o seu contrato com a diretoria, e Júnior Urso será o próximo. Provavelmente a diretoria deve vender o atacante Lucas Pratto, para equilibrar o caixa para a próxima temporada.

Um nome que está sendo especulado pela diretoria e empresários é o meia Elias, que está em Portugal, insatisfeito com a sua condição de reserva no Sporting, e pode ser uma grande contratação para a temporada.

Muitos nomes surgirão durante as férias, o que não é nenhuma novidade, afinal, é o mês das especulações em todo o Brasil. Como as diretorias destes clubes não confirmam quem serão os contratados, a saída é aguardar a reapresentação dos elencos para saber quem chega e quem sai.

LEMBRANÇAS
Na década de 1990, Antônio Luiz Malta foi um dos diretores da Usipa, com Josué Oliveira. Toninho Malta teve uma participação muito positiva no clube, com várias conquistas nas categorias de base e também na categoria adulto.

Contato com a coluna: roberto50mg@hotmail.com.


Reação dos Leitores





Envie o seu Comentário