14/12/2016 17:00:00

Veículos de moradores de Paraíso com registro em outros municípios geram perda de receita

O município de Paraíso deixa de arrecadar aproximadamente R$ 2 milhões por ano devido à não transferência dos veículos de pessoas que se mudam para os bairros recém-criados



Wôlmer Ezequiel


Vereador eleito mostra levantamento que aponta perda de R$ 2 milhões na arrecadação de IPVA em Santana do Paraíso, por causa da não transferência de registro de veículo

Os bairros que cresceram no entorno de Ipatinga, e que pertencem a Santana do Paraíso, têm gerado problemas de ordem variada, inclusive, econômica. Um levantamento recente, feito pelo vereador eleito, Alexandre Coutinho (PROS), mostrou que o município de Paraíso deixa de arrecadar aproximadamente R$ 2 milhões por ano devido à não transferência dos veículos de pessoas que se mudam para os bairros recém-criados, mas continuam emplacando os carros em outros municípios, especialmente em Ipatinga.

Essa situação é comum nos bairros limítrofes a Ipatinga, como o Cidade Nova, Parque Caravelas, Jardim Vitória, entre outros. E o principal motivo alegado é a distância entre estes bairros e a Delegacia de Polícia Civil, localizada no Centro da cidade, que chega a 20 quilômetros. Além disso, há o gasto de tempo para a transferência do registro de um veículo.

“Podemos perceber que cidades como Guanhães e Barão de Cocais, que têm o mesmo porte de Santana do Paraíso, com frota relativamente igual, possuem arrecadação do IPVA três vezes maior. Inclusive, cidades com o porte menor, como Inhapim, possuem arrecadação 50% maior que Santana do Paraíso. A situação é preocupante”, afirma o vereador eleito.

Alexandre Coutinho acrescenta que os R$ 2 milhões que deixam de entrar nos cofres municipais, ajudariam a administração municipal a resolver demandas como falta de sinalização de ruas, redutores de velocidade, defensas metálicas em locais de risco de acidente e outros problemas graves de trânsito, que têm sido alvo da reclamação de moradores. “Esperamos que, já no início do novo mandato, possamos discutir, junto ao Executivo e à Polícia Civil, uma forma de agilizar o processo de transferência de veículos das pessoas residente em bairros de Santana do Paraíso. Aos proprietários, que ainda não transferiram seus veículos, que o façam, pois se moram em Paraíso, certamente contam com serviços públicos que precisam de recursos”, conclui o vereador.




Comentários

Jose Antonio

27 de Dezembro, 2016 | 10:45
Quais serviços públicos de qualidade, Santana do Paraíso oferece aqueles que lá residem? Sequer limpeza pública ocorre de forma regular. No Bairro São José, por exemplo, verifica-se que após as chuvas do mês de outubro, várias ruas estão inundadas de barro que até hoje não foi retirado. Fala sério vereador!

Sergio Moro

27 de Dezembro, 2016 | 02:14
Esse vereador é mais um fanfarão eleito na cidade, vamos andar 20KM para gerar receita pro município?? Porque não disponibilizar um braço do setor de vistoria no bairro? Vale lembrar vereador, que os bairros citados estão abandonados pela prefeitura, basta o senhor visita-los. Deveria mesmo era emancipar esses bairros à Ipatinga.

Gildázio Garcia Vitor

15 de Dezembro, 2016 | 09:06
Além do IPVA, que é um problema grave, pois o município perde arrecadação e, com isso, deixa de investir na melhoria das ruas e vias que beneficiam os proprietários desses veículos, um outro problema é o grande número de eleitores de Ipatinga residentes nesses bairros, com a palavra a Justiça Eleitoral. A nova administração, que será diplomada hoje às 18:00 horas, precisa tomar providências para resolver esses e outros problemas. Tenho muita confiança no Valdézio, que um empreendedor e tem visão política além dos padrões considerados normais. Só espero que a Prefeita e o "Primeiro Damo" deem-lhe condições para a realização de tudo que é preciso fazer no município.

Leticia

14 de Dezembro, 2016 | 23:36
Se eles pelo menos dessem as caras nos bairros citados. Fizessem algo pelo lugar, incentivaria essa migração. Mas a sede do Paraíso é um buraco e eles não fazem nada pelos bairros novos. Deveria era incorporar esses bairros a Ipatinga.
Envie o seu Comentário