23/12/2016 09:25:00

Wagner Penna e as novidades do mundo fashion - Zoomp poderá voltar ao mercado

Wagner Penna



ZOOMP
A notícia fashion desse final de ano foi o anúncio de que a marca Zoomp poderá voltar ao mercado, mantendo o estilo que a fez famosa até os anos 1990. Ao que parece, um acerto amigável feito entre o novo dono, o famoso Turco Loco (que é dono da Cavalera), e o antigo proprietário da Zoomp, Renato Kherlakian, permitirá o retorno da ex-poderosa grife de jeans.

Assim como outras, ela teve muitas dificuldades de mercado com a chegada das marcas estrangeiras e mudanças radicais no perfil do consumidor brasileiro. A ideia é reforçar o estilo de antes, numa espécie de nostalgia fashion renovada. Inclusive com o famoso raio da logomarca. Uau!

Weber Pádua divulgação


A festa da Arte Sacra
MINAS TREND
As primeiras notícias de vendas dos estandes para a Minas Trend, que está programada para 4 a 7 de abril, no Expominas, em Beagá, são pra lá de boas. Principalmente no quesito vestuário – que é o mais forte da feira.

Iniciadas em dezembro, vários contratos já foram fechados e outros tantos estão na lista de espera. Tudo isso mostra a confiança do mercado de confecções no salão de vendas de moda mineiro, considerado o melhor em negócios do país. Pelo andar da carruagem, os espaços estarão todos vendidos logo, isto é, ainda em janeiro.

NOVIAS
A moda tem seus caprichos, às vezes inexplicáveis. Pouca gente sabe, mas os espanhóis são os campeões mundiais em vendas de vestidos de noivas em todo o mundo.

E como se não bastasse ser dona da maior cadeia de lojas fast-fashion do mundo, a Zara também domina a cena no vestidos para o Dia D das moças casadoiras. Tudo por conta da marca Pronovias (sediada em Barcelona), que tem 150 lojas espalhadas pelo mundo e 4.000 pontos de vendas.

A marca existe desde 1922 e já vestiu atrizes como Elizabeth Taylor e até princesas de Mônaco com seus modelitos, na hora do sim. Dizem que uma entre cada 10 noivas ‘poderosas’ do mundo usa o estilo espanhol.

////

VAIVÉM
* A nota triste da moda mundial, neste final de ano, foi a morte da editora da Vogue Itália, Franca Sozanni, depois de um longo período doente. Considerada a edição mais inovadora de toda a rede Vogue, com fotos bacanérrimas e editoriais corajosos, tudo era comandado pela frágil, porém determinada, loura. Uma pena. ***

* Fim de ano, tempo de balanço fashion. No Brasil, a coisa mais importante foi o anúncio das novas datas da São Paulo Fashion Week 2017, onde eles adiantaram os desfiles para entrar no pique do see now, buy now, criado pelos americanos.

O evento é referência no calendário fashion brasileiro. Na cena mundial, foi a consolidação do estilo Vêtements, com seu estilista Demna Gvasalia, que adota modelagem super ampla e que colocou a moda de ponta-cabeça. ***

* O jovem empresário Alexandre Birman desponta como tendo sido melhor do setor de moda do país. Mesmo com a crise deste ano, ele fez o grupo Arezzo crescer 10%.

No ano que vem ele estima o mesmo percentual, mas com o detalhe de ser puxado pela sua presença internacional, principalmente nos EUA. Isso é um feito inédito na trajetória da moda made in Brazil. A empresa nasceu em Minas e é motivo de orgulho para nós. ***

PONTO FINAL - A coluna se integra ao espírito fraternal do fim de ano e deseja a todos um Feliz Natal e 2017 cheio de realizações. Que as coisas melhorem para todo o país e que 2016 fique bem longe na nossa lembrança, porque não foi fácil. Amém!


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br

Reação dos Leitores





Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário