28/12/2016 12:30:00

Casa em ordem durante as férias


O corre-corre anterior às férias sempre é fatigante. Não seria diferente com a casa. Dos cuidados para não matar as plantas de sede ao que fazer com objetos de valor, veja dicas para viajar de cabeça fria.


Férias, sinônimo de delícias sem fim. Momentos de descompromisso total. Isso até você se lembrar das 250 coisas que precisa fazer antes de viajar. Contas, plantas, bichos felpudos de estimação, bens preciosos... São muitos os detalhes, muitas as precauções em nome de alguns dias de dolce far niente. Se você, como muitos, tem acessos de nervosismo pré-temporada-de-descanso-merecido, aproveite as dicas. Pelo menos da check list você vai escapar.

Plantas. Missão: sobreviver

Se a sua casa ficará vazia por até uma semana, você pode recorrer à velha tática "ninja" das garrafas PET vazias. Você não conhece o truque? É muito simples. Reúna o maior número de garrafas plásticas que puder antes da sua temporada de férias. Escolha modelos grandes e pequenos, que vão servir para tamanhos variados de vasos. No dia da viagem, encha as garrafas com água até a boca e vire-as rapidamente sobre a terra dos vasos. Se a água descer, você fez errado. Tente novamente, até que a garrafa permaneça ereta e sem muita movimentação na água. Assim que a terra secar, a planta irá "sugar" a água aos pouquinhos. Já existem equipamentos bem mais modernos, com o mesmo princípio, nas lojas de jardinagem. Mas duvido que você tenha tempo para correr atrás disso nessa época do ano. Vá de garrafas, sem culpa.

Bichanos e afins

Se a viagem for curta, pode-se abusar da praticidade dos alimentadores tamanho-família para seus bichinhos. Eles funcionam como potes de mantimentos que liberam a ração e a água gradativamente para o seu animal. Em lojas especializadas você encontra modelos de todas as dimensões. Certifique-se apenas de que ele seja compatível com os dias que você passará fora e com o tamanho do seu pet. Gatos ficam numa boa com algumas caixas de areia extra. Não hesite em deixar pelo menos um exemplar grande de reserva. Isso, caso você não queira encontrar um felino revoltado na volta.

Extra, extra!

Além de colocar contas no débito automático e de suspender a assinatura do jornal, não custa lembrar das precauções de sempre. Deixe documentos importantes, joias e outros objetos de valor em um lugar seguro da casa ou na casa de alguém que não sairá de férias na mesma época que você. Se mora em casa, verifique pelo menos um mês antes da viagem as condições de alarmes e luzes de segurança.

Fonte: Revista Casa e Jardim




Envie o seu Comentário