04/01/2017 16:00:00

Saiba como descobrir o seu movimento “marca registrada” no sexo


Que tipo de pessoa tem um “sex move” cama? De certo, uma deusa do sexo. Mas a ideia parece bem simples e se trata de algo que você desenvolveu com o tempo – um movimento com o pulso ou um de quadril combinado com uma jogada de cabelo. É algo que requer um pouco de talento. Uma habilidade que você acha que outros têm, mas você não.



Quando a escritora americana Kaitlin Menza perguntou às suas amigas sobre seus “sex moves”, uma dela disse algo que a deixou intrigada. “Eu acho que existem certos movimentos que eu tenho uma taxa de 100% de sucesso, então penso neles como minha marca registrada”, ela contou. “Recebi um feedback bem consistente em algo que faço durante o sexo oral, no qual eu viro minha cabeça e pescoço, em vez de ir para cima e para baixo, e deixo o pênis bater no fundo da minha garganta, passando a língua o máximo possível”.

Mesmo que isso não tenha aliviado a tensão de que um “sex move” não precisa ser complexo, o que ela disse depois, ajudou bastante. “Eu acho que você sabe que é a sua marca registrada quando você nota que muitas pessoas comentam sobre a mesma coisa, que foi o que aconteceu aqui”, ela comentou. “A reação geralmente é algo do tipo ‘aquela coisa que você fez com a sua garganta e cabeça foi insana’, ou ‘onde você aprendeu a fazer aquela coisa com a garganta?’, ou até ‘eu quase não aguentei quando você fez aquela coisa com a garganta’”.

A terapeuta sexual Megan Fleming disse à Cosmopolitan americana que acha que você consegue receber a mesma reação positiva sem as acrobacias. “Um ‘sex move’ é qualquer coisa que deixa o seu parceiro louco”, disse. Veja algumas dicas para descobrir a sua marca registrada na cama:



1. Descubra o que te deixa confiante

“A coisa mais sexy é a confiança em si mesma”, disse Megan. “Você pode se perguntar ‘como me sinto confiante e sexy com o meu corpo?’”. Ela deu como exemplo uma mulher que acha seus seios lindos, então, talvez o seu ‘sex move’ envolva chamar a atenção para eles durante um movimento ou posição, passa-los pelo rosto do seu parceiro ou até enfatiza-los com uma lingerie linda. Desta forma, você não se sentirá mal em introduzir o seu ‘sex move’, você apenas se sentirá poderosa.



2. Mantenha seus olhos abertos para ter inspiração

Megan sugere imitar algo que você viu em algum filme. Pode ser até alguma rebolada que Beyoncé faz em um clipe talvez. “Procure algo que fale com você, no qual você se sente tentada a testar”, explicou. “E, a partir dai, eu começaria o que chamo de ensaio mental. Se imagine fazendo aquele movimento e se dê a liberdade de explorá-lo e depois tente várias vezes”.



3. Incremente sua coisa predileta no sexo

“Comece pensando na sua posição sexual preferida”, disse Megan. “É só penetração ou estimulação mútua? A partir daí, como você mostraria suas habilidades ao guiar seu parceiro?” Adicione um novo item a esta posição para torna-la mais interessante: talvez mexer nos testículos dele durante a posição do cachorrinho ou se abaixar durante a cowgirl para proporcionar a ele uma vista ainda melhor.



4. Peça para ele dar um feedback

Você sabe que tem uma marca registrada quando o seu parceiro comenta algo. Além disso, saber que você deu prazer a alguém é uma forma de aumentar (e muito) a autoestima.



5. Coloque a “culpa” em algo fora do relacionamento de vocês

Se você transa com a mesma pessoa há anos, você pode se sentir nervosa em colocar algo diferente na mistura de repente. “Quando você for tentar algo novo, o seu parceiro por ficar pensando de onde você tirou esta ideia”, explicou Megan. “Você pode só dizer que viu em uma matéria na internet e achou legal, e, claro, pedir para ele dizer o que achou”. Se ele não curtiu, você pode até não fazer mais. Mas você já viu alguém reclamar de ter uma vida sexual interessante e nada previsível?!



6. Estude!

Seja uma nerd na arte do prazer, menina! “Por exemplo, se for tentar algo de sexo anal, leia algumas coisas online ou em livros para saber qual tipo de lubrificante é o melhor e como é importante ir devagar”, explicou Megan. “Estude bastante tudo aquilo que te deixa com tesão”. Existem até alguns vídeos educacionais na internet! Mas lembre-se: “vídeos eróticos não são parâmetros para nada”, afirmou Megan.




Envie o seu Comentário