04/01/2017 18:00:00

Intolerância Religiosa

A facilitadora da REJU Ana Luíza Soares, veio bater um papo com a gente sobre a INTOLERÂNCIA RELIGIOSA, contando um pouquinho sobre a rede ecumênica da juventude, qual o objetivo e experiência no Vale do Aço em sua atuação.




YouTube


A intolerância religiosa é questão de grande tormento nos dias de hoje, sendo motivo para muitas guerras desde que o mundo é mundo, digamos assim. Porém com tanta informação nos dias de hoje é de assustar o quanto o discurso de ódio é espalhado em todos os lugares, inclusive nas redes sociais.

A questão é preocupante e envolve o ser humano em sua mais pura essência, na medida em que são colocadas em jogo sua consciência e crenças.O ponto crucial para o entendimento é que a tolerância vai muito além da condição de tolerante, mas parte do princípio de realmente ter boa vontade em compreender o outro e respeitar.

O Tête-à-Tête conversou com Ana Luíza Soares, membro da Rede Ecumênica da Juventude( A REJU), que reúne uma diversidade de jovens com suas respectivas religiões com o intuito de combater a intolerância religiosa. O trabalho realizado é incrível, levando em consideração a realidade em que vivemos que muitos ainda tem dificuldade de respeitar e aceitar as crenças do outro.

Por: Marina Fioravante



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário