06/01/2017 15:30:00

Arte 1 e Cine Group lançam série sobre o compositor Villa-Lobos



No dia 9 de janeiro, às 21h, estreia no canal Arte 1 O Tempo e a Música: Villa-Lobos, segunda temporada de série documental sobre a história da música brasileira, desta vez com enfoque no compositor Heitor Villa-Lobos, em produção apresentada pelo pianista Marcelo Bratke, que também assina a curadoria.

Villa-Lobos
“O projeto pretende revelar ao grande público as diversas faces do célebre compositor que protagonizou a criação de uma fisionomia própria para a música e para a cultura brasileiras”, revela Bratke.

A série traça um recorte biográfico do compositor, além de destacar o legado de sua obra no universo da música erudita brasileira e as influências da sua produção artística na música popular do país.

Produzida pela CINE Group e patrocinada pelo SESI, O Tempo e a Música: Villa-Lobos reúne oito episódios dedicados a diferentes etapas da vida de Villa-Lobos que destacam as principais fontes de inspiração e os temas que foram fundamentais para a construção do vocabulário musical e artístico do grande compositor. São eles:

1. Infância e Chorões

2. Saudades das Selvas Brasileiras

3. A Semana de Arte Moderna de 22

4. Villa-Lobos em Paris

5. O Folclore sou Eu

6. Villa-Lobos: o Educador

7. Villa-Lobos: Compositor sem Fronteiras

8. Os ecos de Villa-Lobos

Além de cenas históricas do compositor, a produção traz interpretações inéditas de suas obras e depoimentos de grandes nomes da música erudita e popular, bem como artistas e intelectuais da área cultural como Isaac Karabtchevsky, Turibio Santos, Arthur Nestrovski, Julio Medaglia, Fabio Zanon, Rosana Lamosa, Claudio Cruz, Edu Lobo, João Mauricio Galindo, Yamandu Costa, Roberto Tibiriçá, Irineu Franco Perpetuo, Ligia Amadio, Mariannita Luzzati, Zuza Homem de Mello, Nelson Ayres, Claudia Jaguaribe, Edgard Poças, Camila Titinger, Fortuna e Gilberto Tinetti, entre outros.



O Tempo e a Música: Villa-Lobos

Estreia: 9 de janeiro, às 21h

*Episódios inéditos às segundas-feiras, às 21h

Reprises: Quinta-feira, às 13h30 e às 23h30; e aos domingos, às 18h30



Sobre Marcelo Bratke

Recentemente aclamado pelo jornal The New York Times por sua interpretação de Villa-Lobos no Carnegie Hall, Bratke tem se apresentado com freqüência nas mais prestigiadas salas de concerto do mundo, incluindo o Queen Elizabeth Hall em Londres, o Konzerthaus em Berlim, o Festival de Salzburg e o Suntory Hall em Tóquio, entre outras. Marcelo Bratke é o fundador da Camerata Brasil e está à frente do projeto "Villa-Lobos Worldwide" que divulga a obra de Villa-Lobos no Brasil e no exterior através de concertos, da gravação da obra completa para piano solo de Villa-Lobos pela gravado britânica Quartz com distribuição em 30 países e de seu célebre programa semanal da Rádio Cultura FM intitulado "Alma Brasileira" -www.marcelobratke.com



Sobre a Cine Group

Há 20 anos no mercado audiovisual, a produtora brasileira Cine Group é especializada no desenvolvimento de programas de televisão, documentários, séries, filmes publicitários, curtas e longas-metragens. Com escritórios em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro e Moçambique, a Cine Group tem um portfólio vasto no qual se destacam trabalhos como “Poesia & Prosa” com Maria Bethânia, “Chegadas e Partidas”, “Mulheres de Aço”, “Esse Viver Ninguém Me Tira”, “Presidentes Africanos”, “BRICS – A Nova Classe Média” e “O Infiltrado”. Saiba mais em cinegroup.com.br.



Sobre o Arte 1

Com mais de três anos no ar, o Arte 1 já recebeu a Menção Honrosa do Prêmio APCA, da Associação Paulista de Críticos de Arte, pela iniciativa de criação de um canal de cultura, em 2013. No ano seguinte, foi agraciado com o Prêmio ABCA 2014, na categoria de difusão das artes visuais na mídia. Aposta do presidente do Grupo Bandeirantes, João Carlos Saad, mais conhecido como Johnny Saad, de um canal focado no mundo das artes, o Arte 1 tem mais de 13 milhões de assinantes em todo o Brasil. O canal recebeu a classificação de “canal brasileiro de espaço qualificado” dada pela Ancine – Agência Nacional de Cinema. Esse selo faz com que possa ser incluído pelas operadoras na cota de conteúdo nacional, conforme consta na nova lei da TV paga (12.485/2011). Atualmente, o canal está disponível na Sky (183), Net (53), Claro TV (31), Oi TV (85), GVT (84), Vivo TV (102 cabo, 555 satélite e 127 fibra) e operadoras independentes. Saiba mais em arte1.band.uol.com.br




Envie o seu Comentário