07/01/2017 07:02:00

“Nada de sofrência” no sertanejo

Em alto astral, Bruno Nassy e Thiago lançam o primeiro CD e DVD de sua carreira



Prestes a lançar o primeiro CD e DVD da carreira, a dupla sertaneja Bruno Nassy e Thiago não abre mão do jeitão caipira e das raízes da música country.

Na era da “sofrência”, em que as músicas geralmente falam de romances malsucedidos e fazem o público chorar de amor, os cantores do interior de São Paulo querem resgatar o sertanejo bruto, onde o conteúdo vale tanto quanto o ritmo.

Divulgação


Em alto astral, Bruno Nassy e Thiago lançam o primeiro CD e DVD de sua carreira
“A ideia é trazer músicas mais animadas, que empolgam e levantam o público. Nenhuma faixa do nosso CD vai falar de traição, por exemplo”, antecipa Bruno Nassy, voz grave da dupla que é confundido nos shows com Jadson, que faz dupla com Jads.

“Nada de sofrência, chega de lágrimas nos shows”, brinca Thiago, a segunda voz, cujo timbre é comparado ao de Jorge, que canta com Mateus. “O nosso ritmo é notado pelas vozes marcantes e o romantismo moderno, mas sem frescuras”.

Nascido em Campo Grande (MS), Bruno Nassy começou na música aos 10 anos. Antes de tocar em barzinhos da região, foi serralheiro, sorveteiro, catador, atendente, chaveiro, segurança e radialista.

“Minha vida sempre foi trabalhar para conseguir subir no palco um dia”, conta. “Eu e minha família superamos as dificuldades da vida humilde. Por isso quero cantar alegria, fazer as pessoas mais felizes”.

Thiago também descobriu a música ainda pequeno. Ele ouvia os louvores na igreja e decidiu, aos 8 anos, fazer aulas de violão. Aos 15 anos iniciou um projeto solo, até se unir a Bruno Nassy. Tentou se formar em Agronomia e Medicina, mas logo voltou à música. “A minha paixão sempre foi cantar, e estou maduro para seguir a carreira artística”, garante.

O disco deve ser lançado em março de 2017, e uma das apostas da dupla é uma faixa inédita em parceria com os compositores Thiago Marcelo e Diego Kraemer, autores de hits com Michel Teló, Henrique & Juliano, Guilherme & Santiago, Bruno & Barreto, Marcos & Belutti e João Neto & Frederico.


Reação dos Leitores





Envie o seu Comentário