09/01/2017 15:00:00

Dicas para uma decoração atemporal


Confira cinco truques infalíveis para criar uma decoração atemporal e sempre em alta, sem precisar de grandes orçamentos para as reformas de uma casa clássica



Compor a decoração da sua casa já é um desafio e tanto. Mas conseguir um visual que você continuará gostando daqui a 10, 20 ou 30 anos pode parecer para alguns uma tarefa quase impossível. Especialmente se você costuma se apaixonar por tendências, como cores e estampas. Não se preocupe: Casa e Jardim tem a solução! Elaboramos cinco dicas infalíveis para nunca sair de moda. Assim, você não precisa desperdiçar dinheiro para renovar tudo a cada dois anos. Veja e inspire-se com nossos ambientes:

Não exagere
A apresentadora Chris Nicklas vive em um refúgio como muita gente sonha: uma casa com jardim e crianças. Repare como, apesar do projeto assinado por um dos grandes nomes do design brasileiro, o arquiteto Sergio Rodrigues, tudo lá é simples. A casa não é grande nem pequena. Nada custou fortunas. Nada parece demais ou de menos. Repare na pequena quantidade de armários. A sala de jantar tem assoalho de ipê. A mesa e as cadeiras foram compradas há anos na Tok & Stok. Os pendentes vieram do antigo apartamento de Chris. Deste ambiente tiramos a primeira, e talvez mais importante, lição: tudo que é exagerado cansa. Mais vale a simplicidade.

Cores simples
É claro que nem todas as paredes precisam ser brancas ou beges. Mas optar por uma paleta de cores mais básica é a escolha certeira para quem não tem certeza se é apaixonado por tons fortes. No projeto dos arquitetos Marco Donini e Francisco Zelesnikar, do escritório Arqdonini, a base neutra dá a impressão de amplitude e valoriza as peças de design, como a mesa de jantar e as cadeiras Wishbone, do designer dinamarquês Hans Wegner, a cadeira assinada por Joaquim Tenreiro, e a poltrona Mole, um clássico de Sergio Rodrigues. Mas não se esqueça: toques de cor são fundamentais para alegrar a decoração. Eles podem estar nas flores e nos quadros.



Móveis clássicos
Algumas peças se tornam eternas pelo design consagrado. Apostar nelas pode parecer um investimento grande, mas que valerá a pena ao longo dos anos. No apartamento do arquiteto Ricardo Caminada, com decoração da designer de interiores Tota Penteado, o destaque é para a chaise Rio, de Oscar Niemeyer, e para as poltronas e o sofá assinados por Jorge Zalszupin - herança da família de Caminada.

Linhas retas
Muitas formas diferentes podem se tornar cansativas. Opte por linhas simples e retas, como no projeto da arquiteta Juliana Camargo. Repare como o sofá tem formato retangular, assim como a mesa de jantar e as poltronas Oscar, de Sergio Rodrigues.



Escolha itens que você ame
Esta dica é da interior stylist Melany Kuperman. Assim, você não enjoa rápido de estampas e cores. Para o canto de leitura de sua casa, ela escolheu um papel de parede com desenhos retrô. O cartaz da atriz italiana Sophia Loren é outra peça pela qual Melany é apaixonada e que a acompanha em todas as mudanças.


Fonte: Revista Casa e Jardim




Envie o seu Comentário