12/01/2017 07:04:00

Superintendência Regional de Saúde atualiza Informe Epidemiológico da Febre Amarela

Número oficial de mortes com suspeita da doença já chega a 14. Os pacientes com suspeita de infecção somam 48, divulga a SES/MG



Enviada WhastApp Portal Diário do Aço


Fila em posto de saúde de Caratinga, uma das cidades em que a população será vacinada em massa

A Superintendência Regional de Saúde atualiza Informe Epidemiológico da Febre Amarela divulgou no fim da noite de quarta-feira (10) a atualização sobre a investigação de casos suspeitos de Febre Amarela em Minas Gerais, conforme dados da Secretaria de Estado de Saúde. A última atualização mostra os seguintes dados:

Até a noite de 11/1 foram notificados 48 casos suspeitos de Febre Amarela, dos quais 16 são casos prováveis*, cujos pacientes apresentaram quadro clínico suspeito e exame laboratorial preliminar reagente.

Em relação aos óbitos, foram notificados 14 óbitos suspeitos, dos quais 8 são considerados óbitos prováveis de febre amarela.

Atualmente, foram identificados municípios de quatro Unidades Regionais de Saúde com registro de morte de primatas (epizootias) e casos prováveis de febre amarela silvestre.

A distribuição dos casos notificados e prováveis de febre amarela silvestre e áreas de ocorrência de epizootias atualmente sob investigação, está descrita na Tabela 1:



* O termo "caso provável" significa que, apesar de exame laboratorial reagente para a febre amarela, a confirmação final do caso demanda também investigação epidemiológica, históricos de vacinação e deslocamentos desses pacientes.

Clique aqui e saiba tudo sobre a febre amarela. Quem deve vacinar, áreas de maior risco



Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário