16/02/2017 17:13:00

Secretário de Segurança recebe lideranças do Vale do Aço

Na reunião foi discutida a implantação da Delegacia Regional em Fabriciano



Divulgação


Três cidades do Vale do Aço foram representadas na reunião
Por solicitação do deputado estadual, Celinho do Sinttrocel, o Secretário de Estado de Segurança Pública, Sérgio Barboza Menezes, recebeu uma comitiva de lideranças políticas do Vale do Aço para discutir a instalação de uma Delegacia Regional da Polícia Civil em Coronel Fabriciano e investimentos em segurança pública, face a índices criminais considerados preocupantes na região.

Ao abrir a reunião, o deputado Celinho agradeceu ao secretário o atendimento ao pedido de audiência e apresentou as reivindicações levantadas na Agenda de Convergência do Vale do Aço em recente reunião em Ipatinga. Constam da pauta medidas emergenciais que garantam um atendimento da população por parte da Polícia Civil, como a instalação de uma Delegacia Regional, com plantão, em Coronel Fabriciano.

Sérgio Menezes informou que todos os órgãos estão se empenhando para redução dos crimes contra a vida – homicídios, por exemplo – e para enfrentar o aumento de crimes contra o patrimônio – furtos, roubos e assaltos. “São esses crimes que dão uma sensação de insegurança para a população e é contra eles que devem estar centrados nossos esforços”, comentou o secretário, ao mesmo tempo em que alertava para as dificuldades de investimentos a curto prazo.

Depois de um debate entre os presentes sobre as possíveis alternativas, o deputado Celinho elogiou o trabalho desenvolvido pelos delegados Gilberto Simões (12º Departamento da Polícia Civil) e Elton Cotta (1ª Delegacia de Polícia Civil), bem como do coronel Edivânio Carneiro (12ªRPM) – que tem tido uma ação exemplar – e, mais uma vez cobrou do secretário afirmando que “a população não pode esperar mais. A situação é dramática. Nos finais de semana, nos feriados e à noite as pessoas passam horas no plantão concentrado na delegacia de Ipatinga, esperando um atendimento. É gente de Coronel Fabriciano, de Timóteo, de Santana do Paraíso, de Marliéria, de Jaguaraçu e Antônio Dias. Não tem como esperar novo concurso para solucionar o problema senão a gente vai enxugar gelo. Agora, de imediato, precisamos de um plantão regionalizado ou, pelo menos, provisório”, afirmou o deputado.

Sensibilizado com a situação, Sérgio Menezes orientou sua equipe a fazer estudos técnicos e de viabilidade para a constituição de uma força tarefa que garanta alternativas, o envio de uma unidade de “Delegacia Móvel”, com toda a infra-estrutura necessária para o plantão, a promoção de um estudo de viabilidade da Delegacia Regional em Fabriciano e a realização de operações especiais da Polícia Militar na Região.

Celinho também convidou o secretário e o superintendente a participarem da próxima reunião da Agenda de Convergência. Os representantes do estado se comprometeram no esforço para que seja apresentado, em 3 de abril, respostas aos pedidos e anunciar as medidas que serão tomadas. Também estiveram na pauta da audiência o funcionamento da Delegacia de Mulheres e a reforma e ampliação do Instituto Médico-Legal (IML) em Ipatinga.

Comitiva

Além do Secretário, participaram da reunião o superintendente de Investigações e Polícia Judiciária, Luiz Flávio Cortat, o capitão Marconi, assessor interinstitucional da PM, entre outros assessores das duas corporações. A região foi representada pelos presidentes das câmaras, de Timóteo, Adriano Alvarenga; de Santana do Paraíso, Carlos Alberto; de Coronel Fabriciano, Leandro Xingó; vereadores e o vice-prefeito de Coronel Fabriciano, José Gregório, além dos deputados Cabo Júlio e Rosângela Reis.





Envie o seu Comentário