07/04/2017 17:23:00

Eleição na LDI



Divulgação

A Liga de Desportos de Ipatinga terá eleições este ano, para escolha da sua diretoria, e os bastidores já estão bem movimentados com articulações entre os dirigentes. E alguém ventilou que poderia inclusive, haver a volta de um ex-presidente da entidade, interessado em articular um movimento para vencer as eleições.

Os dirigentes dos clubes filiados devem analisar com tranquilidade o que será melhor para a entidade e para o futebol amador da cidade. É preciso também que não aceitem interferência política, como já aconteceu em outros anos, pois muitos sabem que esta interferência às vezes causa um desastre enorme, sem recuperação, e não precisamos nem citar exemplos.

Que o bom senso possa prevalecer e os dirigentes entendam que o esporte traz uma grande oportunidade de crescimento. O cidadão tem que dar a sua contribuição e acreditar que uma entidade esportiva saudável só irá trazer benefícios para todos.

A LDI congrega um grande número de clubes e atletas, é uma das principais ligas do Estado, e precisa continuar caminhando em busca da excelência. Bons projetos podem ser conquistados com diálogo e conhecimento de quem os procura, é preciso ter os pés no chão e contribuir sempre para novas possibilidades de avanço para o esporte amador.

Que a costumeira influência política no processo seja apenas para ajudar no crescimento do esporte, e não tentando influenciar os votos dos dirigentes com promessas que não serão cumpridas. Vamos acreditar que o processo será tranquilo e com muita responsabilidade, e que os dirigentes saibam, com tranquilidade, escolher o melhor para o futebol.

OPORTUNIDADES
Surge uma nova oportunidade para as categorias de base no Vale do Aço. O Timóteo Futebol Clube vai disputar o Campeonato Mineiro da segunda divisão nas categorias sub-15 e sub-17, e vai realizar testes com os garotos nascidos entre 2000 e 2003.

Para participar, o atleta interessado deve obrigatoriamente fazer a sua inscrição no e-mail timoteofutebolclube@gmail.com, até o dia 12 de abril, informando o nome completo, data de nascimento, RG, posição em que atua e se já disputou alguma competição na região e por qual clube. No dia da avaliação, deverá levar um documento com foto e material esportivo (chuteira, calção, meião, camisa e caneleira).

Cria-se assim uma grande expectativa para estes jovens atletas que sonham em participar de uma competição a nível estadual. Mais informações através do telefone (31) 99682-2355.

JÚLIO OLGUIN
O professor Júlio Olguin tem realizado um grande trabalho em sua academia, e celebrado grandes parcerias para a divulgação da modalidade pensando nas próximas olimpíadas, já que o Karatê passou a ser um esporte olímpico. No último fim de semana, ele passou por uma seleção e avaliação de seu currículo pela Polícia Federal, em Belo Horizonte.

E assim, Júlio Olguin obteve o credenciamento da PF para ministrar aulas de defesa pessoal, primeiros socorros, educação física e relações humanas no trabalho para os policiais desta corporação de tanto destaque.

VERGONHA
O futebol brasileiro não se organiza nem deixa de ser motivo de chacotas. Desta vez foi o Internacional, que recorreu à FIFA para tentar retornar à Série A do Campeonato Brasileiro através do tapetão, acusando o Vitória da Bahia de ter utilizado o jogador Victor Ramos de forma irregular.

No meu entendimento, o time gaúcho não somou os pontos necessários para permanecer na Série A, por isso e só por isso foi rebaixado, e tem que cumprir o que está determinado no regulamento. E mesmo que o time baiano tenha mesmo utilizado o jogador de forma irregular, não pode perder os pontos para favorecer uma equipe rebaixada de forma regular. É preciso que os outros 19 clubes apoiem o Vitória da Bahia para que o Internacional não seja favorecido de forma irregular.

A Corte Arbitral do Esporte pediu vistas no processo, atendendo argumento do Vitória da Bahia, e pediu 48 horas para decidir se tem competência para julgar o caso. Se ela se julgar sem competência, o processo deve retornar a CBF, que já confirmou que o jogador não atuou de forma irregular, e com isto o Internacional terá que cumprir o regulamento da competição.

Vejo isto como mais uma vergonha para o futebol brasileiro, uma equipe insatisfeita com a sua incompetência querendo forçar a barra para se classificar, sem ter conquistado os pontos dentro de campo.

LEMBRANÇA
A Vila hoje estará em silêncio, Zeca não estará presente para contar a sua história na voz e no violão de Paulinho Pascoal, que faleceu no último fim de semana. Paulo Gonzaga Pascoal era filho do pioneiro João Valentim Pascoal, trabalhou por vários anos na Prefeitura Municipal de Ipatinga e contribuiu para o desenho arquitetônico do Parque Ipanema.

Contato com a coluna: roberto50mg@hotmail.com.


Reação dos Leitores





Envie o seu Comentário