18/05/2017 14:10:00

Mutirão de cirurgias para 700 pessoas em Ipatinga

Pacientes aguardavam desde 2010 na fila da Secretaria de Saúde do município



Wôlmer Ezequiel


Sebastião Quintão durante o anúncio do Mutirão de Cirurgia

Um Mutirão de Cirurgias de Catarata e Cirurgias Eletivas – que inclui atendimento a casos de adenoide, amígdala, ortopedia, varizes, dentre outros casos-, além de prever o tratamento de problemas de glaucoma, vai atender a mais de 700 usuários da rede pública de Saúde em Ipatinga. As pessoas aguardavam na fila de espera desde 2010 e serão beneficiadas com os procedimentos cirúrgicos.

O anúncio foi feito na manhã desta quinta-feira (18), pelo prefeito de Ipatinga, Sebastião Quintão. Reunido no salão de entrada da prefeitura com os pacientes, o prefeito explicou que, para garantir o atendimento à população, a atual administração fará investimento superior a R$ 500 mil. Foram firmados novos convênios com o Hospital de Olhos Vale do Aço, Núcleo Avançado em Oftalmologia e Hospital Márcio Cunha. Já as unidades hospitalares e clínicas conveniadas com a Prefeitura de Ipatinga vão garantir toda a parte de exames, consultas, tratamento e cirurgias que são necessários aos pacientes.

A previsão é que sejam realizadas, em três meses, as cirurgias de catarata. Os casos de tratamento de glaucoma deverão ser atendidos em 30 dias e a demanda por cirurgias eletivas deverá ser esgotada em seis meses.

Sebastião Quintão disse que esse é um compromisso do governo com a população, de mudar os rumos do atendimento da saúde pública no município. “Para isso foram negociadas as inúmeras pendências com fornecedores, que herdamos do governo anterior e comprometiam vários serviços essenciais. Também vamos reativar o programa Remédio em Casa, que fez grande sucesso em nosso primeiro mandato”, pontuou.

Também foi anunciado na manhã desta quinta-feira (18) o nome do novo titular da Secretaria de Saúde de Ipatinga, cargo que estava vago desde o dia 11 de maio. Trata-se do médico de carreira da prefeitura, médico Edewin Windsor.


Mak Lenon Alves ressaltou que o mutirão irá evitar despesas para o município


Prioridade para cirurgias em instituições locais

O diretor do Departamento de Regulação da Secretaria de Saúde, Mak Lenon Alves, explicou que os pacientes seriam enviados para Belo Horizonte, porém o município optou por realizar as cirurgias na cidade, o que vai gerar uma economia para os cofres municipais. “Além disso, o paciente tem a conforto de ter o pós-cirúrgico em casa”, complementou. .

O diretor enfatizou que os usuários da rede pública de saúde, que necessitam de procedimentos cirúrgicos de catarata, glaucoma, dentre outras especialidades, deverão procurar a Unidade de Saúde mais próxima de sua casa para realizar a consulta médica inicial.


Joselina Pedrosa da Silva aguarda a cirurgia de glaucoma há dois anos


Uma das pacientes contempladas com esse mutirão, Joselina Pedrosa da Silva, de 62 anos, disse ao Diário do Aço que estava há dois anos na fila à espera da cirurgia de glaucoma. “Estou muito alegre, mesmo com muito tempo de espera. Eu aguardei com paciência no Senhor. Eu sabia que o Senhor iria me ajudar com essa cirurgia. Então, estou feliz demais, principalmente com o prefeito, porque as minhas vistas estão embasadas. Não estou enxergando direito, mesmo com os óculos”, ressalta.

Crise Política

Questionado pelo Diário do Aço, sobre os efeitos da crise política que assola a política nacional e atinge nomes como o do presidente Michel Temer (PMDB) e do senador afastado, Aécio Neves (PSDB), o prefeito Sebastião Quintão admitiu que os impactos são sentidos também no plano municipal. “O problema está no homem. Temos que fazer o melhor. Honestidade não é virtude, é dever mínimo de todo cidadão. Em princípio, a cidade está organizada, mas se o Brasil sofre, todos os municípios sofrem também. Ipatinga não será exceção”, resumiu.

MAIS FOTOS
Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Comentários

Mary Matoso

19 de Maio, 2017 | 02:21
Não sei das quantas aguardo consultas e tenho 3 pedidos de ultra som de mamas.
Quanto ao SAM-TFD acho que a ex gerente Keyla está fazendo uma falta danada.
A que está é muito educadinha, atende a gente bem também.
Mas, quando estavam as duas era melhor.

Juliana Ferreira Santos

18 de Maio, 2017 | 19:48
Meu filho está aguardando uma consulta com otorrinolaringologia era para junho do ano passado e até hoje não saiu,issoe um absurdo não acha .se tivesse morrendo já tinha morrido

Ruth

18 de Maio, 2017 | 18:25
Comigo está acontecendo o mesmo ...Os exames estão agendados desde dezembro para retornar ao médico em março. Ja estamos em maio e até agora nada; falam q é para aguardar em casa ou no cemitério??????????
Isso é um absurdo......

Ivanete

18 de Maio, 2017 | 15:10
Olá boa tarde ! Olha não é fácil marcar uma consulta e quando a gente consegue consulta médicos dá os pedidos de exames pra ver a causas dos sintomas. Mas quando a gente chega pra marcar está só agendando e passa tempos e tempos nada dos exames ser liberados.eu tenho vários exames agendados na unidade do Bethânia. Agora me diz o que adiantou eu passar no médico?🤔🤔
Envie o seu Comentário