19/05/2017 15:41:00

Segunda rodada



Divulgação

Após empatar com o Flamengo em um jogo de alto nível, o Atlético volta ao Horto para enfrentar o Fluminense, a única equipe carioca que venceu na primeira rodada, batendo o Santos por 3 a 2. E mais uma vez temos certeza de que será um jogo de muitas qualidades das duas equipes.

O treinador Abel Braga teve muito trabalho no meio da semana, em uma partida da Copa do Brasil, onde foi derrotado pelo Grêmio, e vem a BH em busca de outra vitória, sabendo que irá enfrentar uma equipe que também é candidata ao título, não exatamente favorita, mas um time bem montado pelo técnico Roger Machado.

Abel Braga vem montando sua equipe com um esquema adotado praticamente por todos os clubes brasileiros, o 4-4-2, às vezes com uma opção de três volantes, de acordo com o adversário e o desenrolar das partidas, mas sempre se apoiando em dois homens no meio e dois no ataque. E será com este mesmo esquema e um pouco mais prevenido que virá tentar a segunda vitória no campeonato, disposto a encarar o Galo.

Pelo lado atleticano, no meio da semana Roger Machado também escalou um time forte para enfrentar o Godoy Cruz pela Copa Libertadores, vencendo de goleada e observando alguns jogadores para suprir as deficiências da equipe, principalmente na defesa e no meio, onde Yago atuou no lugar do Rafael Carioca e manteve a qualidade do time na partida.

O Atlético não deve ter novidades na escalação. Roger vai manter Robinho e Fred no ataque, com Elias jogando pela direita, mais à frente, e Robinho pela esquerda. E pelo que jogou contra o Flamengo e no meio da semana, Cazares deve permanecer no time.

O Cruzeiro, que venceu o São Paulo em sua partida de estreia, estará no Recife para jogar contra o time do Ney Franco, o Sport, que foi goleado pela Ponte Preta, em Campinas. Mas jogando em casa, com o apoio de sua torcida, é um time aguerrido e capaz de superar suas deficiências técnicas. Assim, deve dificultar as coisas para o Cruzeiro.
Mano Menezes vai em busca da segunda vitória.

Após a eliminação da Sul-Americana, o time vem adotando outra postura e Ábila convenceu o treinador de que merece a titularidade. Mas o time precisa de mais força no ataque e no meio-campo, para dar equilíbrio à equipe, que ainda busca uma definição da melhor maneira de se comportar em campo.

LIBERTADORES
A imprensa carioca elegeu o Flamengo como o grande favorito para vencer todas as competições no Brasil, antes mesmo de a equipe carioca iniciar qualquer competição. Foi assim no Campeonato Carioca, que o clube venceu, aumentando a onda em torno do Campeonato Brasileiro e da Taça Libertadores da América. De fato, o time tem um bom elenco e uma estrutura tranquila para o trabalho, mas ainda não se pode dizer que é o melhor time do país.

Na última rodada da primeira fase da Copa Libertadores, o Flamengo vencia por 1 a 0 e estava em primeiro lugar no grupo. Mas com a falta de tranquilidade e uma substituição errada, o rubro-negro acabou vencido, de virada. E assim, com o a vitória do Atlético Paranaense sobre a Universidad Católica (3 a 2), o time carioca foi eliminado e deverá focar agora na disputa do Campeonato Brasileiro.

É preciso mais humildade para conquistar as competições, e entender que ainda é dentro das quatro linhas que as partidas são decididas, mesmo que, em alguns casos, as vitórias sejam conquistadas nos bastidores.

ARBITRAL SEGUNDA DIVISÃO
A proposta dos clubes para a disputa do Campeonato Mineiro da 2ª Divisão foi definida em uma reunião realizada na sede da FMF, com as equipes jogando entre si em dois turnos. As duas que somarem o maior número de pontos ganhos ao final da disputa, estarão no Módulo II do Estadual no próximo ano.

Sempre fui um defensor da disputa em pontos corridos, mas em divisões de acesso, onde as competições são totalmente deficitárias, ela poderia ser mais curta, pensando, principalmente, nas apertadas finanças dos clubes participantes.

A disputa terá nove clubes e cada um deles fará 16 partidas, portanto uma competição desgastante, com longas viagens e custos altos. Assim, os patrocinadores serão os únicos a manter as equipes na ativa, pois não se pode contar muito com a presença de torcedores nas arquibancadas para custear parte das despesas.

O Ipatinga fará duas viagens longas e de alto custo, para Uberlândia e Poços de Caldas, e duas de média distância, para Ponte Nova e Sete Lagoas. E não será surpresa se algum clube venha a desistir antes do início ou durante a competição. Atlético B, Betis, Coimbra, Democrata de Sete Lagoas, Inter de Minas (Uberlândia), Ipatinga, Poços de Caldas, Ponte Nova e União Luziense são os clubes inscritos na disputa.

LEMBRANÇA
Sérgio Ferreira foi, durante muitos anos, funcionário da Liga de Desportos de Ipatinga, atuando como secretário da entidade e da Junta de Justiça Desportiva. Sempre atuou com maestria e qualidade em seu trabalho, e são estas pessoas que deveriam receber homenagens no futebol da região.

Contato com a coluna: roberto50mg@hotmail.com.


Encontrou um erro? Comunique: falecomoeditor@diariodoaco.com.br


Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.
Envie o seu Comentário