Expo Usipa 2024 02 - 728x90

21 de novembro, de 2023 | 07:10

Apostila produzida no Cefet-MG auxilia professores de Matemática relacionando a disciplina com a construção civil

Com informações da Ascom Cefet-MG
Divulgação
Com sua pesquisa, o professor Vilmar Jesus espera motivar docentes e estudantes a apurar o seu olhar para ver a teoria no mundo e, com isso, tornar o ensino e a aprendizagem mais fáceis e palpáveisCom sua pesquisa, o professor Vilmar Jesus espera motivar docentes e estudantes a apurar o seu olhar para ver a teoria no mundo e, com isso, tornar o ensino e a aprendizagem mais fáceis e palpáveis

A Matemática está em tudo”. Quem nunca ouviu essa frase, que busca mostrar a grande aplicabilidade dos conceitos da disciplina na nossa vida? “É comum ouvirmos que a Matemática está em tudo, mas não é tão simples assim encontrá-la, por isso acho que essa afirmação acaba ficando vazia para a maioria das pessoas”, afirma o professor Luis D’Afonseca, do Departamento de Matemática do Cefet-MG. Essa dificuldade de perceber a matemática no nosso dia a dia é sentida por professores e estudantes, que têm dificuldade de transpor os conteúdos teóricos para o seu cotidiano. “Cabe aos profissionais da Matemática e da Educação continuarem se esforçando para mostrar essas conexões”, diz Luiz.

Com esse objetivo, o professor de matemática e engenheiro civil Vilmar Jesus defendeu, no Programa de Mestrado Profissional em Matemática (Profmat) do Cefet-MG, a dissertação “Apostila sobre a matemática na construção civil com o uso do Sweet Home 3D”. A pesquisa foi orientada por Luis D’Afonseca e deu origem a uma apostila voltada a professores, disponível on-line. No trabalho, Vilmar olha para conceitos como proporção, perímetro, área e volume, conforme ensinados no ensino médio, e suas contrapartes nas reformas e construções, para calcular a quantidade de materiais necessários para a construção de uma casa.

Dos números à casa

Vilmar conta que o projeto surgiu de uma demanda real que ele tinha em sala de aula, na sua atuação como professor dos ensinos fundamental e médio em escolas estaduais de Minas Gerais: como tornar o conteúdo mais atrativo e interessante, dando sentido ao que é ensinado aos estudantes? “Retirar o estudante de sala e poder realizar as atividades propostas de maneira prática é algo enriquecedor”, explica. Mesmo antes de se formar no Profmat, ele já usava sua formação em Engenharia Civil nas aulas, para mostrar a matemática de maneira palpável. O mestrado surgiu justamente para ampliar essa didática. “Enxerguei o mestrado como uma maneira de trabalhar a prática de uma forma mais acadêmica e divulgá-la para que outros professores possam reproduzi-la”, afirma.

Segundo o professor, a construção civil é um ótimo campo para se observar a aplicabilidade da matemática. “Podemos destacar o uso do perímetro para estimar a quantidade de ferragens, o tamanho de áreas empregado no cálculo da quantidade de tijolos e revestimentos e o volume é necessário para computarmos as quantidades de concreto. Outros aspectos da geometria também estão envolvidos no design das casas para que elas tenham uma aparência agradável”, destaca.

O professor explicava esses conceitos para seus alunos a partir de um passeio na própria escola, destacando a sua arquitetura e de outras edificações acessíveis aos estudantes. Com a pandemia da covid-19 e a realização de aulas remotas, ele buscou alternativas tecnológicas que também permitissem essa observação. “Dentre os diversos programas disponíveis que conheço, optei pelo Sweet Home 3D por julgá-lo mais adequado à situação, por suas funcionalidades e por ser um programa gratuito e multiplataforma”. O Sweet Home 3D permite criar uma planta-baixa de uma casa e visualizá-la em três dimensões, acrescentando móveis e outros objetos de decoração.

O uso do software é ensinado na apostila criada pelo professor, que mescla explicações sobre os conceitos matemáticos, sua aplicabilidade nas construções e questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), relativas ao assunto. Vilmar dá instruções sobre como projetar uma casa, composta por dois andares e um telhado. Ele explica como calcular a quantidade de ferragens, de tijolos, de piso/cerâmica e de outros materiais.

Com sua pesquisa, Vilmar Jesus espera motivar docentes e estudantes a apurar o seu olhar para ver a teoria no mundo e, com isso, tornar o ensino e a aprendizagem mais fáceis e palpáveis. Quem sabe, assim, a gente consiga ver que a matemática está, sim, em tudo. A apostila 'Matemática na construção civil" pode ser acessada aqui.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Ruy Flávio Novais

23 de novembro, 2023 | 13:17

“Excelente materia e muito bom o material sobre aplicação da matemática na construção ! Gostaria de saber se o Cefet-MG (Profmat) ,tem outras apostilas pertinentes ao tema. Parabenizo o prof. Vilmar pela excelente apostila.”

Neirivone Marques

23 de novembro, 2023 | 07:27

“Parabéns Vilmar!
Que bom ver o seu trabalho divulgado. Sei que é fruto de muito estudo e pesquisa e irá contribuir para a melhoria da educação brasileira.”

Luzia Eles

22 de novembro, 2023 | 20:55

“Excelente essa matéria parabéns Vilmar ????????”

Vilmar Pereira de Jesus

22 de novembro, 2023 | 12:01

“Legal a iniciativa do portal em divulgar sobre o conteúdo!
A ideia é realmente mostrar aplicações em nosso dia a dia, dando sentido aos conceitos matemáticos.”

Flávio Barony

21 de novembro, 2023 | 13:06

“Excelente iniciativa!
Precisamos incentivar a Matemática e a Educação Financeira nas escolas! Fez muita falta na formação acadêmica da maioria de nós, brasileiros...”

Envie seu Comentário