Expo Usipa 2024 02 - 728x90

16 de abril, de 2024 | 07:43

Operação Lamaçal mira quadrilha de falsificação de células de Real

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira, 16/4, a Operação Lamaçal com o cumprimento de três mandados de busca e apreensão nos municípios mineiros de Contagem, Ibirité e Rio Pomba, no combate à introdução de moeda falsa no comércio.

A investigação teve início com a prisão em flagrante de dois indivíduos residentes em Juiz de Fora. Eles repassavam cédulas falsas em estabelecimentos comerciais do município de Tabuleiro/MG. Os criminosos apresentavam aos comerciantes cédulas falsas de valor elevado para aquisição de itens de baixo valor.

No decorrer da investigação foi possível identificar que os presos haviam se associado a investigados residentes na cidade de Rio Pomba e na região metropolitana de Belo Horizonte. Eles comercializavam cédulas falsas na internet, em especial em grupos fechados de aplicativos de mensagens, onde combinavam a aquisição e revenda de moedas falsas, em uma clara associação criminosa.

As cédulas falsas comercializadas pelo grupo tinham valor nominal de vinte, cinquenta e cem reais e eram entregues pessoalmente ou via postal.

Os investigados foram indiciados pelos crimes de associação criminosa e moeda falsa, podendo ser condenados a penas de até 15 anos de reclusão. Com informações da Comunicação Social – PF/MG)
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Envie seu Comentário