PREF BELO ORIENTE MAIO LARANJA 02 - 728X90

17 de abril, de 2024 | 15:53

Ipatinga estará em campo na disputa da Série D

Eude Aerton/Ipatinga
O goleiro Douglas Baldini estará em campo com a camisa do TigreO goleiro Douglas Baldini estará em campo com a camisa do Tigre

Não há mais ameaça de desistência. Embora em grave crise financeira e administrativa, o Ipatinga Futebol Clube segue uma rotina de treinamentos, com estrutura modesta, em seu centro de treinamentos, visando a disputa da Série D do Brasileirão. A estreia será no sábado da próxima semana (27), no estádio da Ilha do Governador, contra a Portuguesa-RJ. O clube está no Grupo F, que tem, além do Tigre a Portuguesa: Real Noroeste-ES, Serra-ES, Nova Iguaçu-RJ, Itabuna-BA, Audax-RJ e Democrata-SL. Classificam-se quatro à fase seguinte, com jogos de ida e volta dentro do grupo.

O comando técnico continua com Fabiano Braz, que recebeu alguns jogadores esta semana, emprestados pelo Guarani de Campinas e pelo Volta Redonda. Do time que disputou o Mineiro, permanecem, por enquanto, o goleiro Douglas Baldini, laterais Ézio e Pedrinho, zagueiros Ruan, Valdson, Hebert e Alex Trindade, volantes Lucas Paranhos, Marquinhos e Gabriel Veríssimo, meias Luizinho e Gérson Magrão.

Somente na semana que vem, com a chegada de outros jogadores nos próximos dias, é que o time será montado pelo treinador. A delegação viajará para o Rio de Janeiro de ônibus na sexta-feira (19) pela manhã, chegando ao Rio de Janeiro à tarde. Todas as despesas de deslocamento e estadia serão por conta da CBF.

Nova administração
Enquanto isto, nos bastidores, o diretor de futebol Amarildo Ribeiro (que é também o dirigente responsável pela SAF com a renúncia de Mateus Lopes) e o presidente Nicanor Pires negociam um novo investidor para comandar a agremiação. Isto porque o tal grupo da cidade, da JS Sports, não deverá assumir, tendo recuado depois de demonstrar interesse, realizar reuniões com os dirigentes e advogados responsáveis pela recuperação judicial do Ipatinga. Os sócios desta empresa teriam considerado o problema maior do que teriam imaginado para assumir o ônus (aporte financeiro) esta recuperação judicial e “tocar” as demais despesas do clube este ano e, principalmente, no ano que vem, quando disputará apenas a deficitária Segunda Divisão do Estadual.

Diante desta recusa local, recomeçaram conversas com investidores de outros estados, podendo uma negociação ser anunciada nos próximos dias. De qualquer maneira, com ou sem uma nova administração, os dirigentes garantiram ao Diário do Aço que o time estará em campo na Quarta Divisão do Brasileirão.

“Há boas perspectivas com as novas conversas que iniciamos, com a gente passando completamente a gestão do clube, investidores de fora do estado, já com conhecimento da nossa situação financeira desafiadora, porém com poder econômico para realmente querer e aguentar dirigir o clube. De qualquer maneira, com ou sem investidores, estaremos em campo e disputando a Série D”, afirmaram os dirigentes ao Diário do Aço.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Guima

18 de abril, 2024 | 08:44

“São poucas cidades que tem o potencial de Ipatinga para sediar um clube profissional de futebol. Esta em uma região industrial com uma população regional em torno de uns 800 mil habitantes se levar em conta o colar metropolitano do Vale do aço. Mas conseguiram fracassar. Os dirigentes atuais do clube são heróis pois pegaram um abacaxi podre . Uma pena .”

Envie seu Comentário