11 de junho, de 2024 | 08:55

Ex-companheiro dispara arma de fogo contra casa de jovem grávida em Ipaba

A polícia procura um indivíduo de 24 anos que ameaçou a ex-companheira, uma jovem de 23 anos, que está grávida. O acusado, além das ameaças, chegou a disparar tiros contra a residência da vítima na rua Maceió, no bairro Paraíso, em Ipaba, na tarde de segunda-feira (10).

De acordo com o relato da vítima, ela e a mãe do jovem tiveram uma discussão devido à recusa do ex-companheiro em assumir a paternidade da criança que a jovem está esperando. Ele suspeita não ser o pai, mas a grávida já iniciou um processo para a realização de um teste de DNA.

Após a discussão, a mãe do acusado informou ao filho sobre o ocorrido, o que pode ter provocado uma reação de ira. A vítima relatou que estava em casa quando escutou um barulho de vidro se quebrando e pensou que fossem pedras arremessadas contra sua residência.

Ao se aproximar do portão, viu o ex-companheiro na garagem de sua casa, apontando uma arma de fogo em sua direção. O jovem foi contido por familiares enquanto a grávida se escondia atrás do muro e corria para dentro de casa. Ela ouviu um disparo em seguida.

A Polícia Militar foi acionada e, ao chegar ao local, constatou que o agressor havia fugido. Imagens das câmeras de monitoramento do "Olho Vivo" mostraram o jovem fugindo em uma motocicleta Honda XRE branca, em direção à região conhecida como “Baixada Coronel Roberto”.

Perícia
O perito da Polícia Civil esteve no local e constatou quatro disparos: dois atingiram o vidro da porta, um acertou a parede ao lado da porta e outro, uma janela no corredor onde a grávida correu para se proteger. Três projéteis foram recolhidos.

Durante o rastreamento, as guarnições deslocaram-se à residência do suspeito. Com a permissão do padrasto, os policiais encontraram no quarto do acusado duas balanças eletrônicas, dois rolos de plástico-filme, três cartuchos intactos de calibre 380 e um de calibre 22, material que foi recolhido e entregue à Polícia Civil.

A mulher não sofreu nenhuma lesão e dispensou atendimento médico. Ela foi orientada a comparecer à Delegacia de Polícia Civil para solicitar medida protetiva contra o seu ex-companheiro.
Encontrou um erro, ou quer sugerir uma notícia? Fale com o editor: [email protected]
MAK SOLUTIONS MAK 02 - 728-90

Comentários

Aviso - Os comentários não representam a opinião do Portal Diário do Aço e são de responsabilidade de seus autores. Não serão aprovados comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes. O Diário do Aço modera todas as mensagens e resguarda o direito de reprovar textos ofensivos que não respeitem os critérios estabelecidos.

Fabricio

11 de junho, 2024 | 22:37

“Tem que falar para o jovem rapaz, futuro papai, que é ruim para os negócios se alterar assim.”

Envie seu Comentário